SE PRECISAR CLICK AQUI PARA TRADUZIR

quinta-feira, julho 31, 2008

O que sera que me da


Reflexões


Porque as pessoas vem ler este blog?

O que importa o que penso sobre isto ou aquilo?

Quero ser um banho de represa ou de cascata no seu dia-a-dia...
Um olhar sobre o horizonte, por sobre o mar.
Um momento de alegria no seu dia...
Ou de reflexão.
Ou riso!
Quero ser um contato com o mundo de dentro e de fora de mim, ao mesmo tempo.
Quero ser uma amiga de além-mar...
Quero fazer alguém pensar a respeito de coisas importantes.
Ou simplesmente sonhar. Sorrir.
Concordar ou discordar.
Quero ser um desabafo no meio do meu dia.
Quero ser um choque, ou uma calmaria...
Porque quero alcançar as pessoas com o que escrevo? Porque quero que saibam o que penso?
O que te move a vir aqui, dar uma espiada?
Releio coisas que escrevi em outros anos... Vão sendo pedaços de mim... revelados.
E culturalmente que importancia eu tenho?

Acho lindo o blog do dia-com-árvores. Um recanto de literatura e conhecimento a respeito de plantas, de Portugal ou da Inglaterra.
Além de trazer lindas, belíssimas fotos. Findou-se. Mas nao saiu da blogosfera... está lá, ao meu alcance e ao teu, para ser lido ou relido, calmamente, postagem a postagem.

Gosto do blog do António, que nos conta sobre sua Leiria, história de Portugal, costumes, plantas e suas recentes descobertas botânicas; seu jardim e de Zaida, sua vida, seu trabalho, seus desabafos, enfim.

Gosto do blog do Paulo. Em poucos posts, muitos sentimentos ...

Gosto do Pedro Nelito e do Xico AOS Vivos... ecléticos, engraçados, políticos.

A luz do vôo vem trazendo paz... belas imagens, belas poesias e textos.

Mas ainda há tantos, tantos que ainda não conheço!
Tantos por conhecer e gostar ...Fico um tempo aqui, entro nas páginas dos comentários dos blogs que gosto e assim vou achando, buscando outros que eu também goste.
Mas são muitos... e o tempo, não é tanto...

Estava me sentindo triste hoje, um tanto decepcionada com a vida, comigo mesma, com minhas contas, meu salário, meu país : daí, vim aqui escrever e ler.
Mas não quero ser como muitos que vem aqui e desabam suas lamúrias e decepções, suas depressões e rancores e só.

Não se pode guardar o vôo de um pássaro, afinal.

quarta-feira, julho 23, 2008

Escolhas

Escolhemos todo o tempo... todo dia!
Escolhemos acordar de bom ou mau humor
Sorrir ou fechar a cara
Comer ou não comer ao levantar
Tomo banho? Tomo depois?

De férias posso escolher a que horas vou me levantar
Ou deitar
Se vou tomar café e depois banho, se vou ao banho e depois como.
Se fico em casa, lendo, fazendo comida, cuidando das coisas, ou se saio, vou ver amigos, mãe, irmãs...
Escolho se faço as coisas de bom humor ou ao contrario, se as faço como um peso "ninguém colabora, tudo eu!'

Escolho ouvir uma musica ou ficar em silencio.

Escolho tanto... que roupa ponho, que shampoo uso hoje, qual o brinco combina mais, vou ao parque? vou ao shopping? vou ver as crianças brincando na rua?
Escolho um doce na doceria, são tantos, mas quase sempre peço o mesmo.
Escolho o sabor do sorvete. Que chocolate levaremos hoje?
Que pizza vocês querem, qual sapato fica melhor?
Nossa, infinitas escolhas diárias!
Tenho uma amiga que gosta de ter poucas opções. Tipo duas ou três, no máximo. Senão não sabe o que levar. Se perde na escolha e fica sempre em dúvida se escolheu o melhor ou não.
Eu adoro ter muitas opções.
Escolher!

Não sou nada metódica, e ai de mim, também não sou organizada.
Perco tempo procurando coisas que estariam mais a mão se fossem organizadas.
Escolhi ser assim? Acho que não. Mas hábitos há muito adquiridos são tão difíceis de se mudar....
Semana que vem recomeço meu trabalho, já não poderei escolher a hora de levantar, mas ao menos se faço isso com bom humor ou não.

domingo, julho 20, 2008

Brasil I

As mazelas de um país...

Por aqui, tudo vira comédia!

No entanto, nós estamos indignados

Com a falta de respeito com o povo brasileiro por parte de seus governos: federal e estadual.

Com a impunidade sempre prevalecendo apesar das "descobertas" das fraudes, falcatruas, roubalheira!

Dos mais ricos sempre saírem ganhando independente de sua culpabilidade ou não!

Das favelas dominadas pelos traficantes no Rio de Janeiro e do governo compactuando com isto!


Da falta de água e vontade política para resolver o problema no Norte, Nordeste - regiões do interior, da caatinga - quase seis anos de governo e nada ainda, Sr. Presidente!

Da migalha jogada aos menos favorecidos, com o assistencialismo que não dá dignidade, apenas disfarça a fome do povo...

Da falta de compromisso com a saúde do brasileiro, com sistema de saúde pública falido, falho, descompromissado, causando a morte de bebês as dezenas em um único hospital, dia-a-dia noticiado, e nada resolvido!

Da falta de compromisso com a educação pública, escolas sucateadas, falta de investimento e falta de vontade política para enfrentar com respeito e dignidade a situação!


Enfim, num país tão lindo, tão cheio de belezas naturais, com um povo tão amoroso, amistoso e caloroso, num país "gigante adormecido" que seria o país do futuro, ainda vemos e nos perdemos em situações como estas...



PARA: 63 bebês morrem na Santa Casa em 38 dias
Lucy Silva Direto de Belém
O número bebês mortos na Santa Casa de Misericórdia de Belém (PA) chega a 63 em 38 dias. As estatísticas oficiais foram divulgadas nesta tarde pelo novo presidente do hospital, Maurício Bezerra, durante sua cerimônia de posse. Ele também anunciou medidas para diminuir o número de mortes, como a contratação de novos leitos e a restruturação do hospital. O Ministério da Saúde liberou nesta terça-feira R$ 1 milhão para a Santa Casa.




sábado, julho 19, 2008

Pássaros




Que beleza e encanto nos transmitem a visão de um pássaro.

De uma ave.

De um pica-pau, um sabiá, um tucano...

Recebi hoje um email de um amigo, Rui. A mensagem com muitas e lindas fotos de pássaros.

Pequenos e grandes. Delicados e altivos.

Comendo sementes, minhocas, insetos, frutas, enfim...

Lindos pássaros a voar!


Outro dia conversando com o João, acerca de pombos, ficamos num impasse: os pombos transmitem muitas doenças. Nossa vizinha alimenta os pombos, em frente a nossa casa, eles vão ao jardim dela se banhar e beber água...numa pequena fonte.

Falar que transmitem doenças como se ela crê que eles são os símbolos do Espírito Santo e da Paz?

Ela os alimenta.

A Mel corre lampeira atrás deles, brincando.

Eles voam, comem, arrulham no meu telhado nas manhãs de sábado e domingo...

São tão bobos, disse o João.

Não concordo.

São belos, como os pardais, e todos os outros pássaros mencionados acima ou não.

Amo os pássaros.

Assim, simplesmente.