SE PRECISAR CLICK AQUI PARA TRADUZIR

domingo, junho 14, 2009

CASAMENTO


Casamento ...

Hoje em dia, com tantas modernidades favorecidas, fico pensando: que magia envolve os casamentos?

Mesmo os jovens, os mais velhos, os de meia idade, dificilmente alguém que houve falar em casamento não tem um comentário a fazer.

Bom, meu filho vai casar.

Apesar de já estarem morando juntos há um tempo, resolveram oficializar a união.
Bem, já tinham pensado em oficializar desde o final do ano passado, mas com a grana curta e tal, deixaram pra depois.

Em janeiro, descobriram que estavam "grávidos"!

E agora, no início do mês o Jean resolveu passar no cartório, marcou a data pra dali a vinte dias, e comunicou a todos os parentes seu desejo. Chamou o pastor para dar a benção no cartório mesmo, e pronto.

Ok!Ok!

Legal, mas a grana não está ainda mais curta?
Ainda mais agora com a gravidez?
Está. Mas e daí?

Ele quer acertar tudo, com Deus e oficialmente também.

Fazer a coisa certa, segundo ele.

Frequentam a Igreja e não querem estar em pecado.

Ótimo, tem meu apoio e bênção.

Vai daí, fomos ver um vestido para a Juliana, pra alugar, algo "bem simples" como ela insiste em frisar a todos que convida, comunica, ou até para quem a atende nas lojas.
_ Que tal um vestido mais curto, tipo creme, pérola, ou bege, clarinho?
_ Ah,mas vestidos de madrinha, mães e tal não são clarinhos, pois a noiva vai de branco, não pode competir ...

- Tá , vamos dar uma olhada nos de noiva, então, mas "bem simples" - leia-se e entenda-se: -mais baratos, por favor, sem ser feio!

Experimenta um, dois, três, quatro...

Qual gostou? Do primeiro.

Bom, e agora, o mais importante, quanto?

- Puxa!
- Ah, mais você ganha o vestido da daminha - diz a vendedora.

- Sim, mas não queremos daminha não, nem cauda.

- Ah, sem cauda? E sem daminha, vamos ver o que podemos fazer. Dá pra fazer um precinho melhor. É tanto.

E aí?Gostamos,mas não do preço...

Vamos ver em outras lojas, e a se a gente for alugar o vestido de noiva mesmo, vamos ter que enfeitar a igreja, fazer os convites, música...

_Ih! O Jean já ta ficando nervoso!
- Como vamos fazer? Não ia ser um vestido simples?

Ia.

_ Mas é simples. Só que é de noiva.

_ Sei não. Sei não. E coça a cabeça.

Entramos em outra loja, um horror. Ninguém pra atender a gente!

Fomos ignorados, e caímos fora.

Mais a frente, outra loja de aluguel de trajes a rigor. Entramos.

A atendente, super simpática. Após explicar ao que viémos (bem simples,né Ju), ela convida:

_ Vamos ver?

Subimos uma escadaria, menor que a da outra loja, mas ainda assim uma boa escada.

Acho que é para a noiva emagrecer um pouco, subir todas essas escadas, pra ver vestidos de noiva!

Experimenta este, este e aquele.

_ Nossa que lindo este roxo, não tem branco dele?

_ Não. Esse é de debutante.

_ Ah, tá. que pena...

Lá vamos nós, experimentando. Não gostou de nenhum. Nem eu.

A moça se lembra. Tem um de debutante com a saia assim, branco.

Traz...

Saio do quarto, pra elas provarem e ver como fica.

Falo pro meu filho, já apreensivo: VALE O GOSTO Jean!

Ele retruca,:
_ Vale, gosto azedo né mãe, como vou pagar?

_ Ah ! A gente dá um jeito. Pago metade tá bom?
Ele só olha...

Vamos ver como ficou:

Ela adorou, vibrou, disse é este aqui!

O brilho nos olhos, o sorriso de fora a fora!

Vale o gosto! Até o Jean concorda agora, diante de tanta uma expressao radiante de sua amada.

_ Vai este mesmo? ele pergunta.

_ Sim! Quero este!

Ok, se "troca", descemos, fazemos os papéis, assinamos , deu o sinal, reservado!

Terça tem a primeira prova. (Toda semana engorda-se um pouco, diz a atendente, mesmo quem não está grávida...).
Eu digo pra ela, agora, nada de doces, lanches, só frutas e sucos!

Sábado já é o casamento. Temos dez dias.


Meu!

Porque filho faz isso com a gente?

Como vou convidar as pessoas pra daqui a dez dias?

Fico pensando, vou fazer eu mesma o convite.

Entro na internet e acho um blog maravilhoso, com mil dicas pra noivos com a pouca grana pra gastar:


Salvação! Faço o convite, vou ver se acho um papel bem bonito...

Comentei na quinta com meu cunhado, ele diz que faz e da de presente a eles. OK!

Ontem fizemos. Ficou lindo.

Hoje entregamos alguns, amanhã entrego o resto, e uns cinco vão pelo correio. Mas convidados antes, por telefone.


Falta de etiqueta?
Pode ser. Mas fico com a idéia de tempos modernos e apesar de saber que o convite deveria ser entregue dois meses antes da data, neste caso, a data foi marcada com vinte dias de antecedência. Desculpem-nos!!!

E a decisão foi tomada no dia 08. De ter vestido e tudo o mais.

Cada padrinho, tio, tia e avós ajudando um pouco...

Esse casamento sai!

Os noivos estão felizes. E as mães dos noivos e padrastos idem.

Então está tudo bem.

Os avós Luzia e Manoel e Ilma estão felizes também. Basta, não é?

Pra mim, basta.

:)