SE PRECISAR CLICK AQUI PARA TRADUZIR

segunda-feira, janeiro 25, 2010

RABANADAS

RABANADAS



Você sabe o que são rabanadas?
Bom rabanada é um tipo de doce feito com pão amanhecido, passado no leite e ovos batidos, fritos e depois cobertos com açúcar, ou açúcar e canela.


Em casa, mamae fazia rabanadas, não na época de natal, como   agora virou  costume, mas em qualquer dia, em qualque época.
Minha irmã mais velha, a Susan depois ficou a "especialista" nas rabanadas em casa: sempre ela que fazia, pois era a que mais gostava.
Me espanta hoje saber que tem gente que nao conhece rabanada!
Tenho uma amiga de infância que só conhece porque nós ensinamos a ela o que era.
Antigamente também se fazia rabanada pra aproveitar as sobras...Hoje, vão a cafeterias e locais mais "chics" pra saboreá-las e elas acabam num instante!


domingo, janeiro 24, 2010

políticos

'Os políticos e as fraldas devem ser mudados frequentemente e pela mesma razão'.
- Eça de Queiroz

AMARILIS


Posted by PicasaFOTO TIRADA DE CELULAR


Assim estão evoluindo minhas amarilis... de baixo para cima, como estavam e como estão, ou seja, consegui polinizar e estao se preparando para abrir os frutos e dar as semenstes, que tentatei plantar e ver brotar...

 

quarta-feira, janeiro 13, 2010

SER AVÓ



Ser avó é tudo de bom e mais um pouco...
Ter tanto amor pra dar e ver crescer ainda mais esse amor no fruto de nosso fruto nesta terra!
Dá vontade de estar perto a toda hora, todo dia!
Dá vontade de beijar, beijar e beijar!
Toda hora vemos algo que gostariamos de comprar e ver nela, ou dar a ela!
Bianca meu amor!!!!!
Posted by Picasa

sábado, janeiro 09, 2010

JOAO


FILHO DA CAROL E DO ALEJANDRO

Visitamos neste final de ano, filhinho de uma amiga, que mora em Ubatuba...
Posted by Picasa

João e Julia




De tudo que passarmos, de tudo que fizermos, vamos levando as marcas, as lembranças, os sentimentos.
Meus sentimentos de amor e carinho por uma criança que eu antes conhecia de vista e agora conheço de coração, de contato, de estarmos juntas e compartilharmos experiencias e casualidades do dia-a-dia...
Minha criança linda, queria falar-te todos os dias, ver-te todos os dias, estar por perto sempre.
Talvez a maioria das pessoas nao entenda o que acontece e aconteceu conosco nestes dias, mas uma sintonia tao grande e tao forte.
Após visitarmos lojas onde você dizia: este vestido fica bem em voce, ou venha ver que lindo o elefante!

Um peixe, um painel com letras com imã para colar na geladeira, uma galinha feita de cabaça, uma vela artesanal, enfim, todos objetos que te chamaram atençao, e que alegremente voce me mostrava pra compartilhar, uma vitrine,  era momento de compartilhamento, uma loja de roupas, outro, uma florzinha, um "carritcho"... 
Posted by Picasa

quarta-feira, janeiro 06, 2010

Voltando

Após alguns dias na praia, estamos de volta... estou de volta!

Tanta coisa acontece em alguns poucos diasde férias!
Lá tudo era sossego.
Preocupação maior: a que praia vamos
Ou:  o que vamos comer?
E o resto era sol, mar, chuva ou nuvens, um calor gostoso, brincadeiras na água, crianças, sorrisos e alegria.


Tudo é bom. Tudo é legal.
Parece que os dias correm soltos, sem sabermos que horas são, e em  que dia da semana estamos.

A praia... 

O  mar...
Areia...
Júlia e João Pedro

Júlia, João Pedro!


Que delícia respirar a alegria das crianças!

Vamos ver a invasão caramujal?


INVASÃO CARAMUJAAAAAAL! - para cada caramujo que encontramos, gritávamos a nossa frase, e eram muitos!
Saíamos pra ver se eles estavam invadindo e,  batata: sempre estavam! - infelizmente (são caramujos africanos trazidos ao Brasil, que não tem predadores naturais, devoram a vegetação e podem transmitir doenças - se estiverem contaminados...).
No penúltimo dia, resolvemos: as onze e meia da noite descemos e fomos olhar os caramujos. Não satisfeitos, levamos dois sacos, e "equipados" começamos a nossa batalha contra a invasão caramujal!
A cada caramujo, um grito de Júlia, e eu pegando  um a um e colocando  na sacola.
Catamos uns trinta mais ou  menos... lotou a sacola,( e são  pesados!!!!). O que vamos fazer agora, como vamos matá-los? Sem pedra grande pra jogar em cima, decidimos, eu, o João , o João Pedro e a Júlia, achar algo pra por em cima deles e passar com o pneu do carro, esmagando-os.


Tudo pronto, papelão em cima deles, la vai o Jo passar por cima:
creckt! 
Vários esmagados, alguns sairam para fora do papelao, ajeitamos - eu, Julia e JP assistindo o esmagamento e vibrando por estarmos eliminando boa parte da praga que invadia o terreno ao lado de nossa "casa" na praia!

Vai daí, o Jo resolve: vou derrapar em cima deles, pra esmagartodos  de uma vez!Saiam de perto, pra nao espirrar!
Saímos e la foi ele, derrapando mesmo em cima dos nojentos!
Daqui a pouco, só vejo ele saindo do carro, deixou o carro ligado, braço esticado, e com cara de bobo: "- vou ter que me lavar, espirrou caramujo em mim! "
Não dava nem pra dar risada, pois o risco de contaminação deixou ele em quase panico!

Daí falei pra Juca: quis fazer graça, olha o que deu!
julia eu e joao pedro