SE PRECISAR CLICK AQUI PARA TRADUZIR

sábado, abril 19, 2008

SEM MEDO

Sem medo de ser feliz
Apesar das dificuldades
das decepções
da falta de dinheiro crônica


Sem medo de morrer
Sem ter certeza do que vem depois
Mas apoiada na minha fé
De que o céu me espera, (após o purgatório)

Sem medo de amar
de demonstrar este amor
pelo homem que escolhi pra ser meu
companheiro

Sem medo de amar
meus filhos imperfeitos
minhas irmãs nada perfeitas
meus cunhados e cunhadas

Sem medo de amar
meus alunos - estudiosos ou não
terríveis ou calmos
presentes e passados

Ainda sem medo de amar
Minhas amigas e amigos
de longo ou curto tempo
presentes, passados, e a agora até virtuais

Sem medo de errar
pois estava tentando
fazer o melhor
que posso


Sem medo de sofrer
as consequências dos erros
que toda hora cometo

Sem medo de sorrir
a todos que encontro na rua
na escola, na cidade
ou até no trânsito após uma fechada

Sem medo de desejar:
realizar meus sonhos
ganhar mais
amar mais
viajar pelo Brasil afora
e mundo todo
não exatamente nesta ordem!

Sem medo de perder
aquilo que não mereço
frutos que não plantei
sonhos que não tive
rancores e magoas
tristezas passadas
dores profundas
laços desfeitos


Com coragem de lutar
Sempre a cada dia
E vencer a mim mesma

Com coragem pra dizer
aquilo que penso
com cuidado apenas
de não magoar meu próximo
querido ou menos querido

Ta aí
Postar um comentário