SE PRECISAR CLICK AQUI PARA TRADUZIR

domingo, novembro 29, 2009



O editorial do Diário Catarinense aborda os números da aids divulgados na semana pelo Ministério da Saúde e pelo Unaids.
O documento do Ministério da Saúde acende um sinal de alerta que não pode ser ignorado.
Santa Catarina manteve sua triste posição de terceiro estado com a mais alta taxa de casos, com 26,9 para cada grupo de 100 mil habitantes.
No início da semana, um relatório do Programa Conjunto das Nações Unidas Sobre a Aids informava que há, no planeta, 33 milhões de pessoas infectadas com o HIV, e que, a cada dia, são contabilizados 7,4 mil casos novos.
O mesmo relatório da ONU enfatizava a necessidade de reforçar as políticas de prevenção, e lembrava que, os novos medicamentos e tratamentos antirretrovirais possibilitam, sobrevida de qualidade cada vez maior e melhor aos doentes.
Pandemia em plena atividade, a aids exige atenção e ações permanentes da saúde pública. Em Santa Catarina e no mundo inteiro. Os números estão na mesa.


Postar um comentário