SE PRECISAR CLICK AQUI PARA TRADUZIR

terça-feira, dezembro 28, 2010

QUEEN

Paisagem

Balanços - Portugal x Brasil

Véspera de Natal teve 47 vítimas fatais de acidentes nas estradas

Balanço foi divulgado pela Polícia Rodoviária Federal

Neste Natal, até as três horas da tarde, houve 214 acidentes nas rodovias brasileiras. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, 13 pessoas morreram e 157 ficaram feridas, 21 pessoas foram presas por dirigirem bêbadas. Ontem, na véspera de Natal, foram 793 acidentes e 47 pessoas morreram.
http://globonews.globo.com/Jornalismo/GN/0,,MUL1637800-17671,00.html



E lá em Portugal


Operação Natal: Vítimas mortais duplicaram este ano, apesar dos acidentes terem diminuído


A Guarda Nacional Republicana contabilizou oito mortos em 868 acidentes de viação ocorridos nos quatro dias da Operação Natal, o dobro das vítimas mortais registadas no mesmo período de 2009, disse hoje fonte da GNR.

“Tivemos menos acidentes e menos feridos, mas o número de mortos duplicou”, explicou a mesma fonte da GNR, acrescentando não ser ainda possível apurar as causas para esta situação.

Ainda assim, a GNR não hesita em adiantar que as infrações mais detetadas nos quatro dias da Operação Natal – entre as 00:00 de quinta-feira e a meia-noite de domingo – foram a velocidade excessiva, o uso de telemóvel no ato da condução e a condução e manobras perigosas.

Este ano, e de acordo com as informações atualizadas, a GNR contabilizou 868 acidentes (menos 335 do que em idêntico período do ano passado), 21 feridos graves (menos quatro do que no ano anterior) e 240 feridos ligeiros, o que significa uma redução de 104 em relação a 2009.

Nos dias em que decorreu a Operação Natal patrulharam diariamente as estradas portuguesas cerca de 2200 militares da GNR.

Fonte:
http://www.radiobatalha.com/noticia.php?id=22475
Pra parar e pensar um pouco.

Maior causa de acidentes: uso de celular - Portugal
e no Brasil? Uso de bebidas alcóolicas, ainda!

 

domingo, dezembro 26, 2010

Véspera de Natal

Antigamente em minha família só comemorávamos o Natal no dia 25, com um almoço farto, com a colaboração de todas as tias : Joana, Dileta, Márcia, Nair, e seus maridos, mamãe e vovó.
Vovó sempre preocupada com a fome das crianças (a nossa ) nos punha numa mesa a parte, com canja!
Quando já éramos mais crescidinhas, lá pelos oito ou nove anos, detestávamos, achávamos uma sacanagem nos encherem de canja com tantas coisas gostosas sendo preparadas à nossa vista!
Mas, assim foi por muitos e muitos anos...
A canja era boa, muito boa.
Depois de um tempo fizemos amigo secreto nas tardes após o almoço, tios e tias, primos e primas, uma farra.
Tia Dileta, festeira de primeira, comandava grande parte dessa festa, deixava pensar que existia papai noel, principalmente a filhinha dela (a Carla).

Pra vovó Luzia e vovô Aurélélio, o importante era a família toda reunida.
Vovô jogava truco com meus tios e papai: "Reboco de igreja velha", colava carta na testa, gritavam!
Foi campeão em Estocolmo, Amsterdã, assim nos contava com seus lindos olhos azuis brilhando... Eh vovô Aurélio, que saudades!

Tempos de muita alegria no Natal...

Depois quando nossos avós se foram, já não encontrávamos mais nossos tios e primos no Natal, passando cada família a comemorar seu natal com suas novas famílias: filhos, filhas, namorados e namoradas, cada qual, dos seis filhos em um local. Cada qual dos seis filhos, meus tios: Zeca, Lelo, Wilson, Joana, Dileta e minha mãe.
Fica a saudades.

Mas aqui em São José começamos novas tradições natalinas também!

Durante bom tempo na noite de Natal, mamãe ia à missa e no máximo fazíamos uma pequena ceia com frutas secas, um Cidra Cereser e panetone.
A Luiza nossa grande amiga tinha passe livre na nossa casa, vinha sempre, a mãe dela não comemorava natal na véspera, nada nada!
E foram aparecendo novos personagens: namorados, e depois meus filhos, os netos durante muitos anos, únicos.
E a festeira fui eu, no lugar da tia Dileta, enfeitando a casa para a festa, fazendo questão de comprar enfeites, comemorar com as crianças, forçando todo mundo a escutar musicas natalinas de um cd que comprei nas americanas: e ouvíamos um pouco de Dingo Bell, e muitas mais!!!
Depois minhas irmãs também foram se casando, tendo filhos e não sei a partir de quando,  começamos a festejar a véspera com ceia, e o almoço no dia também.

Sempre uma dúvida, será que tal irmã  vem na noite, ou só no  dia, será que vem aqui primeiro ou na casa da mãe do marido...
Sufoco pra quem tem que se dividir em duas famílias festeiras, como eu, e a Ana e paciência para aqueles que ficavam a nos esperar...
E tudo virava um grande encontro no dia 24 com mamae, as meninas e eu cozinhando feito loucas o dia todo,aquele cheiro gostoso na casa, as crianças ja correndo e brincando, um pré natal....
Depois ainda tínhamos que nos aprontar para estarmos lindas na hora da ceia! Um banheiro só sempre era pouco, e secador, e espelhos, ai ai!
As árvores começaram a fazer parte da festa também, amigo secreto em alguns anos, e depois presentes para as crianças, afilhados, pai e mãe...
De vez em quando uma resolve dar uma de mamãe (ou papai) noel e dar uma lembrança pra cada pessoa... o que tem se tornado mais raro, não por falta de vontade, mas de grana mesmo!
E aí alguns netos(os meus meninos), casaram e as trouxeram as esposas para fazer parte da nossa festa.
E desde o ano passado mais uma preciosidade: Bianca minha neta!

E a gente ficou pensando:  o que faremos de comida?
Uma semana antes nada planejado, um desânimo em todo mundo!
Mamãe achando melhor não ter comilança de véspera só o almoço do dia 25.
Insistência nossa resolvemos  os cardápios dos dias 24 e 25.
E assim ficou. Ia ser tudo bem tradicional...
E ninguém nada providenciou.
E no dia 24 de manhã mamãe e eu fomos para o mercado LOTADO comprar os ingredientes da festa.
E haja paciência: para estacionar, para andar no mercado, para ficar na fila. Porque brasileiro deixa tudo pra última hora? Meu Deus! Eu também!!!

Mas faz parte da festa toda a preparação, a escolha de cada ingrediente, tocar, cheirar, apalpar, selecionar...
Conversar, eu e mamãe, conversar e conversar!
E até mudar cardápio no meio do supermercado !
E liga pra um, pra providenciar isso ou aquilo, e troca tudo, e enfim vamos a fila, que era enorme e demoraaada.
Finalmente saímos daquele local lotado e cheio de coisas tentadoras e gostosas, vontade de levar TUDO que víamos...
E leva mamãe pra casa, já bem atrasadas, morrendo de fome, pois desde as dez até uma e meia no mercado... ninguém merece!
E aí que as meninas (minhas sobrinhas) estavam lá na casa da vó: todas, fora a Yasmin, claro, porque ela está na Austrália (pensamos que iam estar tambem, mas ficou pra depois...saudades!).
Meninada bonita, minhas sobrinhas... olhem só:

E lá fui eu, pra minha casa, que ainda tinha muita coisa pra acabar de resolver pra noite natalina.
Desta vez o Jean providenciou árvore e enfeites.
E chegou a noite.
E o meu querido sogro passou mal,e melhorou, e fomos lá e fomos cá.
E foi muito gostoso e muito bom.
Cheio de amor, e um pouco de encrenca por causa dos gostos musicais. Jean estava muito alegre, com suas músicas que nem todos gostam, mas que movimentam a festa. Nada de meus cds natalinos mais!

E comemos. E não parávamos mais de comer!
Tudo de bom. Noite gostosa.
E aí, ninguém tirando fotos só agora percebo não tenho fotos pra postar para as irmãs de longe ver!
Na hora de ir embora, decisão de última hora, a Ana ia levar as meninas para praia no dia 25, vai todo mundo, que delicia, praia é tudo de bom.
Deixa-nos uma pequena sensação de abandono no almoço, pois os planos eram outros!

Mas, que seja. E foram.

E hoje para o almoço, metade da família desfalcada.
Mamãe cansada, Ivan gripado. E João Pedro nos baianos.
E Ana, Gabi, Nana e Júlia na praia com o Mário.
E João na família dele.
E Jean, Juliana e Bianca na casa da avó Ilma.
E nós la.
Os natais passados na casa da vó Luzia, para Sandra (que detesta esta época) eram os verdadeiros natais...descobri hoje.
E descobri que eu gosto  e muito dessa época.
E ainda: que bom que fizemos festa na vespera!
E as duas crianças que ficaram para nosso Natal  - Carol e Lucca nos alegraram, e comemos bem demais, e conversamos e rimos e curtimos.

E foi assim nosso Natal este ano.
Feliz apesar dos imprevistos!

sexta-feira, dezembro 24, 2010

Bom Natal

A todos aqueles que me lêem, um Natal muito feliz!


Que o  principal não seja nunca esquecido: Deus se permitiu tocar a Terra, enviando o Salvador JESUS!


Felicidades a todos, paz e bem!

domingo, novembro 14, 2010

raiva

Você com certeza já sentiu raiva.
Raiva muita raiva de não poder controlar uma situaçao.
De não poder impedir uma pessoa de magoar outra que voce ama.

Raiva de não entender os meios que usam para ajudar ou pensar que estao ajudando.
Raiva de nao poder fazer nada.
Ai que raiva!

quinta-feira, novembro 11, 2010

Nada

Um dia qualquer
em um momento qualquer
onde não existe o espaço ou o tempo
tudo flutua


a mente divaga buscando apenas
o repouso, a paz

Não há temores
não há anseios
não há angústia
ou sonhos
vazio, nada, nada...

Rosas

Para todos que as apreciam: meu João, João Sousa - do Espaço do João, mamãe e Luiza.
Mas é claro que o sol

Vai voltar amanhã...

quinta-feira, outubro 28, 2010

Ouvidos

Muitas vezes falamos e não somos realmente ouvidos.
Falamos e achamos que o outro está nos entendendo, mas na verdade ele não está, ou eles não estão.
Hoje, feriado para mim, dia do Servidor Público, acordo cedo, no horário de ir levar meu filho na escola.
De pijama, me arrumo mais ou menos, afinal não ou descer do carro mesmo, somente deixá-lo na porta do colégio.
Meu marido que também já tinha levantado, volta para a cama e minutos depois, quando entro no quarto para pegar chave do carro dele, pergunta:
-Não vai trabalhar?

?
Será que estou a falar com as paredes a semana inteira?
Queria ter ido para a praia a partir de hoje, falei disso o tempo todo, pensando e repensando se valia a pena não ir porque temos que votar no domingo...
Afinal, os nossos ilustres candidatos a presidencia, de ilustres nada tem, eu não gostaria de dar meu voto a nenhum dos dois, vou cumprir meu dever cívico de tentar eleger o candidato que acho está mais a altura desse importante cargo, por falta de opção melhor, mas lá isso já é uma outra historia, para um outro dia.

Fiquei pensando seriamente: ninguém me ouve?

quinta-feira, outubro 14, 2010

falta

Sinto falta de você
de falar com você
de te ver
de trocar idéias
e conversar fiado

sinto saudades do que fomos
e também daquilo que poderíamos ser
sinto falta de estar, ser, fazer, aprender

Sinto mágoa também
sinto.
Desculpe, mas sinto
porque?
Talvez por não significar tanto
quanto gostaria de significar pra você

Talvez por me ver colocada de lado
assim como uma roupa que não se usa mais
porque não nos serve
ou está fora de moda

Sinto, ao pensar que significava
mas na verdade nao significo

Sinto saber que você acha
que nunca tivemos um bom relacionamento!
Foi como um corte
a faca
na minha carne

Sinto pensar que
o tempo
as coisas
o trabalho
são mais significativas
do que eu.

Sinto a distância
sinto a ausência
a barreira
a vala funda
que se cria
a cada dia, mais.

terça-feira, outubro 12, 2010

Everybody Hurts - REM Live

YouTube - Everybody Hurts - REM Live




Todo Mundo Se Machuca



Quando seu dia é longo
E a noite - a noite é solitária,
Quando você tem certeza de que já teve o bastante desta vida,
Continue em frente

Não desista de si mesmo,
Pois todo mundo chora
E todo mundo se machuca, às vezes...

Às vezes tudo está errado,
Agora é hora de cantar sozinho.
Quando seu dia é uma noite solitária (aguente firme, aguente firme)
Se você tiver vontade de desistir (aguente firme)
Se você achar que teve demais desta vida,
Para prosseguir...

Pois todo mundo se machuca,
Consiga conforto em seus amigos.
Todo mundo se machuca...
Não se resigne, oh, não!
Não se resigne
Quando você sentir como se estivesse sozinho.
Não, não, não, você não está sozinho...

Se você está sozinho nessa vida,
Os dias e noites são longos,
Quando você sente que teve demais dessa vida para
seguir em frente

Bem, todo mundo se machuca
Às vezes, todo mundo chora
E todo mundo se machuca, às vezes
Mas todo mundo se machuca, às vezes
Então aguente firme

(7x)
aguente firme, aguente firme...

Todo mundo se machuca

DISPERSAMENTE...: HOMEM, ABRE OS OLHOS E VERÁS

DISPERSAMENTE...: HOMEM, ABRE OS OLHOS E VERÁS: "Homem, Abre os olhos e verás Em cada outro homem um irmão. Homem, As paixões que te consomem Não são boas nem más. São a tua condição. ..."

Nossa Senhora Aparecida

sábado, setembro 04, 2010

Sabado de feriado

Entrei hoje aqui para postar um pensamento.
Estou desde as oito e meia da manha aqui e nao postei.
Fiquei navegando, passeando pelos blogs amigos, jogando, conversando, pesquisando...
Mas a frase do livro "A CABANA" que me trouxe aqui é:

...você não pode "produzir" confiança, assim como nao pode "fazer" humildade. Ela existe ou não. A confiança é fruto de um relacionamento em que você sabe que é amado.

 
'
A confiança é um ato de fé, e esta dispensa raciocínio. '
Carlos Drummond de Andrade

O Grito de Ana: Participe da campanha "Ponto Final na Violência Contra as Mulheres"

O Grito de Ana: Participe da campanha "Ponto Final na Violência Contra as Mulheres"

quarta-feira, julho 28, 2010

Música Linda


Estou a navegar  por blogs deliciosos de se ler, e encontrei esta música em um deles... o cocó na fralda - http://coconafralda.blogspot.com/
Ela é maravilhosa e por isso quero compartilhar com voces!


http://www.youtube.com/watch?v=FSJzvn6L7Rs&feature=player_embedded


Ainda nao sei como colocar o video aqui. Mas vale a pena ir ouví-lo no you tube...

domingo, julho 25, 2010

Paciência

Texto de Arnaldo Jabor


Ah ! Se  vendessem paciência nas farmácias e supermercados... Muita gente iria gastar boa parte do salário nessa mercadoria tão rara hoje em dia.




Por muito pouco a madame que parece uma "lady" solta palavrões e berros que lembram as antigas trabalhadoras do cais... E o bem comportado executivo? O cavalheiro se transforma numa besta selvagem no trânsito que ele mesmo ajuda a tumultuar...



Os filhos atrapalham, os idosos incomodam, a voz da vizinha é um tormento, o jeito do chefe é demais para sua cabeça, a esposa virou uma chata, o marido uma mala sem alça. Aquela velha amiga uma alça sem mala, o emprego uma tortura, a escola uma chatice.



O cinema se arrasta, o teatro nem pensar, até o passeio virou novela.



Outro dia, vi um jovem reclamando que o banco dele pela internet estava demorando a dar o saldo, eu me lembrei da fila dos bancos e balancei a cabeça, inconformado...



Vi uma moça abrindo um e-mail com um texto maravilhoso e ela deletou sem sequer ler o título, dizendo que era longo demais.



Pobres de nós, meninos e meninas sem paciência, sem tempo para a vida, sem tempo para Deus.



A paciência está em falta no mercado, e pelo jeito, a paciência sintética dos calmantes está cada vez mais em alta.



Pergunte para alguém, que você saiba que é ansioso demais onde ele quer chegar? Qual é a finalidade de sua vida?



Surpreenda-se com a falta de metas, com o vago de sua resposta.



E você? Onde você quer chegar? Está correndo tanto para quê?

Por quem? Seu coração vai agüentar?



Se você morrer hoje de infarto agudo do miocárdio o mundo vai parar? A empresa que você trabalha vai acabar? As pessoas que você ama vão parar? Será que você conseguiu ler até aqui?



Respire... Acalme-se...



O mundo está apenas na sua primeira volta e, com certeza, no final do dia vai completar o seu giro ao redor do sol, com ou sem a sua paciência...



NÃO SOMOS SERES HUMANOS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL...



SOMOS SERES ESPIRITUAIS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA HUMANA...
 
 
Achei este post muito legal, no SE É NOVIDADE EU QUERO
 
 
 

domingo, julho 18, 2010

foto por: jan vandorpe

 Paisagem que me emudece, ou,  me faz falar demais...

Que lugar encantado, estranho, diferente de tudo que já vi...






Foto por: Christian Besnier (França)

Estas plantas que parecem árvores levam centenas de anos para ficar neste formato. Elas estão aí antes do período diluviano

terça-feira, junho 29, 2010

Canção que me fala hoje...


Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não pára...
Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara...

- Lenine -

O mundo

O mundo gira
o tempo voa
e eu aqui


Pensando
Calando
Falando


O mundo gira
e eu aqui
olhando
sonhando

O mundo gira e eu aqui
amando, lutando,
gritando!

domingo, junho 27, 2010

Copa do Mundo

Brasil 0 x 0 Portugal

Copa do Mundo, segunda feira  temos outro  jogo... Brasil como primeiro do seu grupo.
Dá-lhe Brasil!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

sexta-feira, junho 18, 2010

SARAMAGO

Apenas para  expressar a tristeza pela morte de uma pessoa que, para muitos, sempre estará presente, através de seus pensamentos, seus livros e as polêmicas que causou em  vida.



"É uma perda para a literatura e para o mundo. Era uma pessoa maravilhosa. Hermético, profundo e muito sábio. E que sabia emocionar. Um escritor que faz refletir é tudo o que a gente pode querer."
Pedro Herz, diretor-presidente da Livraria Cultura

Adeus, ou até breve!!!!

sábado, maio 01, 2010

Espaço

Imagens que impressionam e encantam:
Arte no universo
As "pinturas" captadas pelo Hubble: o hidrogênio liberado pela nebulosa Carina (à esq.) forma uma imensa nuvem de poeira que se assemelha a uma explosão. A luz da estrela V838 Monocerotis (no centro) é tão intensa que ilumina a poeira que a circunda. Na nebulosa NGC 6302 (à dir.), os gases liberados na morte de uma estrela lembram a forma de uma borboleta

sábado, abril 17, 2010

FAZER 50 ANOS

Que sera que bate na gente de repente ao completar uma certa idade?

Algumas pessoas sentem quando saem dos trinta para os quarenta, como diz meu pai, começou os "enta" vai embora  ...


Eu senti muito quando fiz 25... parecia que estava passando o tempo e eu nao tinha feito ainda as coisas que queria e que precisava ter feito antes dessa idade, como faculdade, um emprego mais rentavel, ter minha casa, carro essas cobranças da vida.

O Jo sentiu este ano, ao fazer 50.


Primeiro, queria fazer uma enorme festa, convidar todos parentes e amigos, um churrasco ligth daqueles. Depois pensou em fazer algo menor, e no fim fizemos uma reuniao aqui em casa, um almoço na vespera na casa dos pais, e passou .

Lesma do mar

sexta-feira, abril 09, 2010

Açougue

Eu tenho a graça e a alegria de morar em uma cidade, e bairro onde ainda se tem o açougue.
O açougue onde vamos comprar carnes (frescas e não congeladas como dos supermercados), e onde os açougueiros nos conhecem...
Batem papo, perguntam do filho, do marido, da vida...
Escolhemos o que vamos comprar e eles fatiam, picam ou moem do jeito que precisamos ou gostamos!
Se queremos um tipo de carne, mas não está tão boa naquele dia, nos sugerem outra similar, quase sempre do mesmo preço, e que estejam ótimas!
Batem os bifes, se pedirmos, duas vezes.
Lá nos sentimos ainda como nas pequenas cidades, onde todos se conhecem e se cumprimentam e tratam bem...
De la saímos não apenas com nossos pacotinhos de carne, mas com a alma levinha, com uma sensação gostosa de carinho no atendimento .

domingo, abril 04, 2010

Páscoa

Tempo de renovação, de passagem da dor para a Alegria!


Que todos encontrem a real alegria desta Páscoa, que todos renovem o sentimento de amor, de conversão, de tolerância com os defeitos do próximo, das quedas (dos outros e nossas), das transformações possíveis!





Hoje, mais do que nunca, as pessoas tem que ser especiais.
Mudanças acontecem cada vez mais rapidamente introduzindo um novo conceito de tempo.
Atrás de cada transformação existem pessoas.
Pessoas especiais que sabem agir sobre a realidade, abrem novos caminhos, encontram novos valores, sabem destruir receitas do mundo velho e regras superadas.
Mais do que nunca é tempo de crise, hora de iniciativa máxima, hora de agir sem medo, ousar, experimentar, assumir riscos incerentes ao novo, acreditar e ter fé.
Tempo de novos valores, tempo de encarar desafios com garra, vigor, tenacidade e persistência. Tempo de flexibilidade, abertura, ousadia, de ser diferente. Tempo de imaginar e explorar novas possibilidades. Tempo de soluções inéditas para desafios também inéditos. Tempo de parceria com mente aberta, humor, otimismo, boa vontade e prazer.
É hora de muito respeito humano.
Neste novo tempo não há espaço para "ações subterrâneas", não há espaço para politicagem, cinismo, críticas destrutivas, falsidade, falta de ética, espertezas. Só há espaço pra o companheirismo autêntico, fruto de muito diálogo, entendimento e harmonia. A força de cada pessoa é fundamental para a sociedade evoluir como um todo.
Para superar as transições geradas pelas mudanças e inovações, existe um desafio que é de responsabilidade de cada um de nós.
É preciso usufruir no ambiente em que vivemos ao invés de sermos oprimidos por ele, é preciso construir um novo mundo.
É tempo de transformar, buscar novas realizações, de caminhar a frente, agir, realizar, fazer acontecer, é tempo de crescer e de criar.
É TEMPO DE RENASCER!
(texto: Prof. Renildo Ferreira)

sábado, março 27, 2010

DILMA ROUSSEFF


Por favor, repasse para o maior número de brasileiros, para que ninguém ignore essa biografia e acabe votando em uma terrorista  para presidente do Brasil.
Estas fotos anexas são para reavivar a memória da terrorista Dilma, ministra do governo Lula e candidata a presidente da República do Brasil em 2010.

Ou ela  teve amnésia e não se lembra dos assaltos a banco, dos sequestros, assassinatos, delação de colegas e tudo o mais que fez ou confia que os brasileiros sao incultos, mal informados e que jamais vao deixar de votar nela pelo passado horrivel que ela tem.

Só lembra que foi torturada, sabe com detalhes quem foram os que a prenderam e a “maltrataram”, mas não sabe porquê .

Foi por isso, dona Dilma, a senhora e seus comparsas queriam implantar o regime de Cuba no Brasil e estes que estão aí, mortos pelo seu bando, foram alguns dos obstáculos que impediram que alcançasse o seu objetivo de implantar uma DITADURA COMUNISTA NO BRASIL.

Claro, vocês não foram tratados como trataram seus adversários aqui e nos regimes que lhes financiavam: Cuba, Rússia e China, entre outros, por isso estão aí vivinhos, sendo indenizados por essas mortes e, pior, governando este país!

ASSASSINADOS PELA VPR E VAR-PALMARES GRUPOS GUERRILHEIROS A QUE PERTENCIA A DILMA OU VANDA, OU PATRÍCIA, OU LUÍZA, COMO ERAM SEUS CODINOMES.

E voce, vai votar na candidata do LULA?
 
 
ACORDA BRASIL!



domingo, fevereiro 28, 2010

QUEM TEM MEDO DO ESCURO?

Livro do Sidney Sheldon, que acabo de ler...
Me deixou pensando...

Apesar dos eventuais exageros típicos do autor, onde as protagonistas da historia são sempre mulheres lindas, maravilhosas e inteligentíssimas, o assunto do livro gira em torno de um dos problemas que mais nos afligem nos dias atuais: o controle do clima.

No livro, um cientista brilhante cria uma máquina,  (depois  aperfeiçoada por um outro conjunto de cientistas do mundo todo), que é capaz de criar chuvas, tempestades e furacões no globo todo. E essa maquina na mao do irmao do cientista que a criou é usada para extorquir o dinheiro de governos, ameaçando-os com chuvas que não param, estiagens prolongadas, etc...


No POSFACIO do livro, o autor assegura que os países que vinham pesquisando sobre o assunto se comprometeram de não criar jamais um equipamento que pudesse dessa forma controlar o clima, mas que não cumprem esta promessa porque ainda hoje continuam pesquisando uma forma de dominar os outros países, utilizando o clima ...

Ao mesmo tempo em que eu estava acabando de ler o livro, passava na tv  notícias sobre o terremoto no Chile e a enorme quantidade de pessoas mortas, os possiveis  tsunamis, as chuvas em Portugal, etc...


Gostaria de acreditar que se um dia, algum pais tivesse uma forma de controlar realmente o clima mundial, fosse usado apenas e tao somente para o bem da humanidade, acabando com as secas que geram a fome e com as enchentes e furacoes que fazem com que pessoas de toda parte do mundo percam absolutamete tudo que possuem e que conseguiram conquistar as vezes com uma vida inteira de trabalho!

quarta-feira, fevereiro 10, 2010

Parque Municipal Vicentina Aranha I

Desde que começaram as aulas de meu filho, e as minhas ainda não, estou aproveitando as manhãs para fazer uma deliciosa caminhada!
Acordo cedo por conta disso, e não via graça em voltar pra casa e dormir novamente além de estar  precisando de exercícios faz tempo.
Perto de casa temos dois parques municipais, o Santos Dumont, que um dia falo dele, e o Vicentina Aranha, este em que estou caminhando...

O Vicentina Aranha foi durante muito tempo um sanatório para tratamento de tuberculosos. Formado por extensa área verde e vários prédios, onde eram abrigados separadamente os doentes.

Após esta utilização ele foi um hospital público e depois foi comprado por empresas particulares para se tornar uma clínica, projeto que nao foi adiante.
Ficou fechado durante anos.

Do site da prefeitura :
O Parque Vicentina Aranha foi inaugurado no dia 27 de julho de 2007, aniversário da cidade. Com área total de 84.500 m², 11.080,83 m² de área construída, os visitantes têm espaço de sobra para caminhar, fazer cooper e apreciar um belo espaço arborizado e cheio de histórias.
Os prédios e a capela faziam parte do antigo Sanatório Vicentina Aranha, complexo arquitetônico considerado uma das mais importantes construções da fase Sanatorial da América Latina, que serviu como base para outras edificações no município com finalidades idênticas.

Inaugurado em 27 de abril de 1924, com projeto do arquiteto Ramos de Azevedo e obras executadas sob a supervisão do engenheiro Augusto de Toledo, o sanatório tratou de tuberculosos e, até 2003 abrigou um hospital geriátrico, com atividades encerradas em 2004.

Pela importância histórica o local é protegido como patrimônio histórico pelo COMPHAC (Conselho Municipal do Patrimônio Histórico, Artístico, Paisagístico e Cultural), CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo) e está em processo de tombamento pelo IPHAM (Instituto do Patrimônio Histórico e Ambiental).

Por ser protegido como patrimônio histórico, ainda não foi possível realizar o processo de reformas, obras e melhorias nos predios do parque... 

Mas é um lugar adorável pela sua natureza exuberante, seus moradores (aves, insetos e outros animaizinhos), pela agradável sensação de frescor que nos proporciona toda aquela área verde.
Lá eu vejo, todas as manhãs:

patos de penacho:


















galinhas da angola





um belo e glamouroso galo que canta e encanta:







árvores enormes e pequenas nascendo de mudas que foram plantadas pelas aves do local ou apenas se deixaram crescer por ali:





uma sequência de ipês roxos que logo irão crescer e encher de flores todo este lado:



prédios históricos:







e mais muito mais!